Segunda-feira, 24 de Abril de 2006

MacGyver - Phoenix Under Siege

Este post marca o primeiro passo de mais uma nova secção no Pepsi e Pipocas! : as críticas a alguns episódios do MacGyver. Como vou vendo os episódios a partir do formato DVD as críticas não serão pontuadas por nenhum tipo de regularidade, mas sim pontuadas pelo enorme carinho que tenho pela série e pelas suas personagens. Saudoso leitor, vamos então dar início à nostalgia…
 
Tal como o nome dá a entender, este episódio passa-se na Fundação Phoenix (uma thinktank sem fins lucrativos que se dedica à pesquisa nas mais diversas áreas), onde o nosso herói trabalha. Certa noite, o avô dele aparece, para irem juntos a um jogo de hóquei no gelo, só que o MacGyver esqueceu-se dos bilhetes na Fundação. Assim, têm que passar lá antes de irem ao jogo. Por uma cruel coincidência do destino, um grupo terrorista está a planear passar a noite na Fundação Phoenix, onde fará detonar uma bomba… A partir daí será acção e macgyverismos sem parar!
 
Prepara-se emotivo leitor, pois neste episódio a nostalgia típica de rever uma série tão querida como esta será aprofundada por todo o enredo do episódio. O surgimento do avô do MacGyver (Harry, como ele o trata) traz à tona uma série de memórias sobre o passado de MacGyver…
 
Ele já não estava com o avô há muito tempo (que vive lá longe, a tomar conta de uma quinta…), mas todos os anos naquele dia em especial ele convida-o para estarem juntos…Porquê? Mais um ano passou sobre a noite da morte dos pais de MacGyver… Ao longo de todo o episódio vêmos flashbacks sobre essa fatídica noite, bem como a relação entre o jovem MacGyver (na altura com uns oito ou nove anos) e o avô…
 
E a par com os flashbacks, a acção vai-se desenrolando pelos corredores da Fundação Phoenix… desta vez parece que o nosso herói encontrou uma adversária à altura, uma mercenária a soldo do grupo terrorista que ataca a Fundação… E o que gostei especialmente nestas andanças? De ver o MacGyver a trabalhar com o velhinho computador, que apresentava um saudoso ecrã negro com letras verdes. De conhecer melhor a Fundação, com todos os seus laboratórios e campos de intervenção. De ver o MacGyver usar um truque tão simples como esconder o avô na casa de banho das senhoras.
 
E de que é que não gostei assim tanto?, interroga-se ansiosamente o curioso leitor… Do karate da mercenária, e da forma um bocado absurda como ela morre… vai a atacar o nosso herói com um pontapé no ar, ele baixa-se, e ela vai contra a janela, caindo estatelada andares a baixo… Também não gostei da volta do enredo que foi dada… a dada altura os terroristas capturam o avô do MacGyver, e falam com ele (ou seja, com o MacGyver) através do sistema de altifalantes do edifício… para lhe provar que tomaram o seu avô como refém deixam-no falar ao telefone, mas ele diz umas palavras que já nem me lembro… tudo bem até aqui, não fosse um pouco mais adiante o MacGyver usar por sua vez o sistema de som do edifício de novo para pedir ao avô para lhe dizer onde estava, ao que ele responde batendo com o sapato no microfone cinco vezes, para lhe indicar o andar onde se encontrava… pareceu-me um tanto ou quanto forçado…
 
Mas excelso leitor, são dois pequeníssimos aspectos negativos em todo um fabuloso episódio. Acredite na minha sincera palavra, este é um dos melhores episódios de sempre. Não apenas pela história peculiar, completamente fechada dentro deste edifício em particular, mas também muito especialmente por todos os regressos à infância do MacGyver que tem, o que nos permite conhecê-lo um pouco melhor. E, para mim, tem também um significado especial ainda maior, já que faz parte de um número de episódios que não tive oportunidade de rever na Sic Radical há tempos, mas de que ainda guardava memórias da minha infância… especialmente o modo como o MacGyver pára a bomba nos últimos instantes…
tags:
Elegantemente garatujado por One às 10:13
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.tags

. todas as tags

.Julho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Reflexões recentes

. Aliens: Book One

. A-Team - A capa do primei...

. Star Wars - o fragmento d...

. Transformers - a idosa sé...

. Transformers 2007

. O regresso!

. Um confronto que...

. Será que...

. Pepsi e Pipocas! foi o bl...

. Nota sobre "Uma Verdade I...

. Breve comentário sobre "B...

. Criminal Minds de volta a...

. Bach na televisão portugu...

. Timeline - Resgato no Tem...

. E ao mesmo tempo que cheg...

. Será isto o futuro?

. Um artigo já antigo sobre...

. Michael Crichton - Estado...

. "Little Miss Sunshine"...

. E se...

. Porque hoje foi...

. Continuando as reflexões....

. BD Disney

. Os Fans de SW Portugueses

. Star Wars - Edições origi...

.Ficheiros Secretos

. Julho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.Contacto

- pepsiepipocas@sapo.pt

.Refinada pesquisa neste blog

 
blogs SAPO

.subscrever feeds