Quinta-feira, 31 de Agosto de 2006

Breve apontamento sobre "Matrix Reloaded"

Quando a Nebuchadnezzar comunica com a primeira vez com Zion, a imagem que surge encaixa-se em algum conceito entretanto abandonado? Fundo branco, fatos impecáveis... totalmente constrastante com o restante mundo real que nos é apresentado...
Elegantemente garatujado por One às 23:53
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 27 de Agosto de 2006

Pensamento do dia

No Outono é editado "A Pequena Sereia" em DVD. Esta notícia que deveria ser da mais cristalina alegria é manchada pela perspectiva de a dobragem ser exclusivamente em português europeu, esquecendo o português brasileiro da VHS com que cresci.
Elegantemente garatujado por One às 23:21
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 24 de Agosto de 2006

Tempo de Antena - Propaganda do Império II

Fonte: www.starwars.com

tags:
Elegantemente garatujado por One às 02:12
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 22 de Agosto de 2006

Esquadrão Classe A - Chopping Spree - 21/8/2006

"In 1972 a crack commando unit was sent to prison by a military court for a crime they didn't commit. These men promptly escaped from a maximum security stockade to the Los Angeles underground. Today, still wanted by the government, they survive as soldiers of fortune. If you have a problem, if no one else can help, and if you can find them, maybe you can hire the A-Team."

Decerto, caro leitor, bem sei que já há muito tempo que não publico estas habituais resenhas dos episódios do Esquadrão Classe A ... mas tenho-me esforçado arduamente por ver todos os episódios que passam!
 
Enquanto estas crónicas estiveram ausentes ocorreu uma proeminente alteração na série: a saída de Amy (um bocado atabalhoada, diga-se de passagem, já que somos imediatamente confrontados com a sua ausência, nunca a vemos propriamente a despedir-se) e entrou para o seu lugar Tawnia, que desempenha praticamente o mesmo papel (também é jornalista!).
 
Mas, este episódio teve um certo carisma que o demarca do género que estamos habituados. A sensação com que fiquei foi que o autor do episódio parou para pensar, e no lugar de pôr o Esquadrão a utilizar a sua estratégia Obélix (chegar e partir tudo) decidiu brincar um pouco... roubou-lhes a carrinha, pelo que vemos o B.A. bastante furioso, pôs o Face a vender carros em segunda mão utilizando o seu dom natural, e por aí fora... de tal modo que no final somos brindados com um episódio que, partindo de uma premissa habitual, nos consegue surpreender, não só pelo rumo que o enredo toma como pela forma como o Esquadrão age (embora nunca deixando de ser eles próprios).
 
Ponto negativo? Sim, infelizmente tem um, que toca no aspecto “credibilidade” : no fim do episódio o Esquadrão tem que se infiltrar num funeral para impedir um homicídio, pelo que para isso recuperam uma carrinha funerária que estava numa sucata. Tudo bem, não fosse a questão de minutos (tanto no episódio como em tempo real) que fazem isso, assim como o pequeno truque um bocado disparatado que incluem: o Murdock vai dentro do caixão, que é posto na vertical através de um mola que está instalada debaixo, ao mesmo tempo que o tecto da carrinha se abre, pelo que o Murdock abre a tampa do caixão e fica de pé a disparar para o carro que os persegue... porquê, pergunto eu? Dado que estavam com pressa (e mesmo que tivessem mais tempo) não seria mais fácil, lógico e seguro abrir apenas o tecto da carrinha e o Murdock que disparasse dali?
Elegantemente garatujado por One às 00:04
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 21 de Agosto de 2006

Tempo de Antena - Propaganda do Império

" Afixe-se.

Assina:  Vader, Darth "

 

Fonte: http://narkajedi.ytmnd.com/

tags:
Elegantemente garatujado por One às 14:18
link do post | comentar | favorito
Sábado, 19 de Agosto de 2006

"Um Gladiador só morre uma vez" de Steven Saylor

Egrégio leitor, estamos perante mais um livro da série Roma sub-rosa que, tal como o volume “A casa das vestais”, reúne diversos contos da carreira de Gordiano, o descobridor; portanto, abrange diversos pontos da sua cronologia, não sendo o seguimento do último volume publicado , “A sentença de César”.
 
Os diversos contos funcionam como pequenos rebuçados oferecidos aos seguidores da série, pois ainda estão um bocado distantes em termos da qualidade de que os restantes volumes oferecem; isto falando em termos de riqueza de intriga, já que aquilo que penso que nos cativa mais fortemente é a forma extremamente realista com que a sociedade romana é retratada... a sensação que perpassa é, numa comparação um tanto ou quanto rude, a mesma que pessoalmente sinto ao jogar Empire Earth, construir uma civilização, e depois fazer zoom in sobre um determinado habitante e seguir o seu dia a dia – uma coisa é ver as coisas de cima, conforme os livros de História nos apresentam, e outra é ver as coisas da perspectiva de um habitante de Roma, algo que Steven Saylor consegue mais uma vez fazer com enorme mestria.
 
Pessoalmente, o meu conto favorito é o último. Porém, olhando o livro e toda a série Roma sub-rosa de uma perspectiva geral, considero que este livro é realmente um presente para os seguidores, sendo que aconselho os desconhecedores a começarem por outro livro, de preferência lendo a série por ordem cronológica.
Elegantemente garatujado por One às 23:06
link do post | comentar | favorito

Pergunta retórica

Se não matassem o bebé-zombie do "Dawn of the dead" logo após ele ter nascido, o que é que lhe aconteceria?

Seria um bebé-zombie para sempre ou cresceria para um zombie adulto?

tags:
Elegantemente garatujado por One às 15:29
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 2 de Agosto de 2006

As Fabulosas Aventuras de Salomão Kane

Excelso leitor, este é um livro muito muito particular. Basta pegar nele e folhear algumas páginas para isso saltar à vista: o tipo de letra em que foi imprimido, as pequenas ilustrações que pululam pelas suas páginas, como se fossem simples esboços, ou apenas manchas...
 
Mas mais importante do que o aspecto exterior, é o que está por dentro que importa. É uma valiosa lição, que além de se aplicar à Vida, também podemos extrapolar para os livros: este livro foi uma agradável surpresa pessoal! Sejamos claros, não afirmarei que seja uma obra-prima, como opinei recentemente em relação ao livro “O Padrinho”, mas para mim, face aos meus gostos pessoais, este livro proporcionou-me muitos bons momentos de leitura.
 
Dividindo-se em vários contos de tamanho variável, o livro segue as aventuras de Salomão Kane, um homem que tem como missão de vida (a sua “Lenda Pessoal”, digamos assim) exterminar o mal em todas as suas formas. Bem, no caso dele dedica-se mais às formas sobrenaturais. Com ele enfrentamos fantasmas, esqueletos, civilizações esquecidas e mais algumas ameaças que não vou revelar porque adorei a forma como fui surpreendido. Mas enfim, se quiser realmente saber basta seleccionar com o rato o texto a seguir: são as hárpias, que foram exiladas para África por Jasão!
 
Em todo o livro há contudo um aspecto, que não sendo propriamente negativo, é um bocado aborrecido: em todos os contos é repetida a descrição de Kane, e em todos eles, Kane (que é um homem que “não conhece o medo” como diversas vezes é afirmado) enfrenta o maior medo da sua vida. É um bocado repetitivo nesse aspecto, era escusado .
 
Gostei particularmente da linguagem rebuscada e arcaica em que o livro está escrito, pois dá a sensação de se encaixar bem com a épocas (século XVI) em que a acção decorre.
 
Apenas mais um apontamento pessoal: a Rainha Nagari que Kane enfrenta fez-me lembrar muito She, Rainha de Kôr, do livro homónimo de H. Rider Haggard. 
Elegantemente garatujado por One às 00:15
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 1 de Agosto de 2006

Não compreendo...

... como é que Francis Ford Coppola se pode ter referido ao livro "O Padrinho" com a expressão "that piece of trash". Não consigo compreender mesmo. Deveras.
Elegantemente garatujado por One às 23:47
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.mais sobre mim

.tags

. todas as tags

.Julho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Reflexões recentes

. Aliens: Book One

. A-Team - A capa do primei...

. Star Wars - o fragmento d...

. Transformers - a idosa sé...

. Transformers 2007

. O regresso!

. Um confronto que...

. Será que...

. Pepsi e Pipocas! foi o bl...

. Nota sobre "Uma Verdade I...

. Breve comentário sobre "B...

. Criminal Minds de volta a...

. Bach na televisão portugu...

. Timeline - Resgato no Tem...

. E ao mesmo tempo que cheg...

. Será isto o futuro?

. Um artigo já antigo sobre...

. Michael Crichton - Estado...

. "Little Miss Sunshine"...

. E se...

. Porque hoje foi...

. Continuando as reflexões....

. BD Disney

. Os Fans de SW Portugueses

. Star Wars - Edições origi...

.Ficheiros Secretos

. Julho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.O inevitável hitcounter...

.Em campanha!

.Contacto

- pepsiepipocas@sapo.pt

.Links

Ideias Fixas

Blog Blog Blog

 

EV Cine

Filmes de Culto

Axaste o que

Listening2Dragons

Hotvnews

Arte Sétima

Cinema Notebook

DVD

Cineblog

Cinema, Musica & Afins

Fan Force PT

SWCC-PT

.Refinada pesquisa neste blog

 
blogs SAPO

.subscrever feeds

.-------------------------